O retorno do muro da vergonha.

"A linguagem política, destina-se a fazer com que a mentira soe como verdade e o crime se torne respeitável, bem como a imprimir ao vento uma aparência de solidez". George Orwell (Escritor e Jornalista)




Imagem: Redes Sociais



Caros amigos e inimigos leitores,


Depois do dia 7 de setembro de 2015, o Muro da Vergonha está de volta! Desta vez a barreira de tapumes metálicos vai dividir a Esplanada dos Ministérios ao meio. porque a função deste famigerado muro é para separar os manifestantes: Os que estão a favor e os que estão contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.





Em setembro do ano passado, o Muro da Vergonha foi usado para desestimular as manifestações contrárias a presidente Dilmá Rousseff durante as comemorações da Independência do Brasil, mas desta vez, é para tentar evitar o confronto entre os manifestantes.
O retorno do Muro da Vergonha já foi denunciado nas redes sociais antes mesmo de sua montagem. Veja o vídeo abaixo:





De acordo com informações do site Folha política,  foi montado um forte esquema de policiamento para esta semana, com a estimativa de um contingente que poderá chegar a 4 mil policiais e, além disso, o trânsito será desviado e vai ter operações especiais nos próximos dias.
O Folha Política informa também que por conta do clima tenso, agentes policiais e do Corpo de Bombeiros já foram deslocados para as proximidades do Palácio do Planalto.






A fim de evitar um confronto, o lado direito da Esplanada será ocupado por manifestantes a favor do impeachment e  do lado esquerdo será destinado a quem defende a continudade do governo.
De acordo com o site, o muro da vergonha - ou será do impeachment? - vai ser retirado após  a Câmara terminar a votação. O que vai acontecer entre os dias 15 e 17 de abril.
Nas proximidades do Congresso Nacional, no lado direito,  o movimento  "Vem Pra Rua" montou o placar do impeachment que tem o rosto de cada um dos 513 deputados, e que estão separados entre os favoráveis, os indecisos e os contrários ao impedimento da presidente. Seria bom os eleitores fazerem uma lista com os nomes dos deputados e como votou assim, nas próximas eleições, saberemos quem merecerá nosso voto.
A pergunta que fica no ar é a seguinte: O Muro retornou para garantir a segurança ou para afastar os brasileiros do Congresso Nacional?

Blog Opinião do Franco Barni, há dois anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!







Twitter: @FrancoBarni




*Franco Barni (MTB 29.942)

*Franco é jornalista há 20 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,  escreveu no Jornal de Lins, foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui









© 2016 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva.

Nenhum comentário :