Para novas eleições é preciso respeitar o que diz a Constituição

"Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário." George Orwell (escritor e jornalista) 









Caros amigos e inimigos leitores,



Neste período de crise econômica e política, muito tem se discutido sobre a convocação de novas eleições. Mas cabe lembrar que existem leis e a Constituição Federal rege e determina regras para que aconteçam novas eleições e, gostando ou não, as leis atuais são as que temos e elas existem para proteger o povo e a Constituição e as leis devem ser respeitadas por todos, gostem ou não delas.





Se existem dificuldades para se mudar algumas leis, é para salvaguardar o país e os cidadãos e para desanimar quem quer mudá-las a seu gosto.
Temer nesta terça feira, 26 comentou o assunto e disse que é 'golpe' tentar convocar novas eleições fora do que rege a lei.
o site da BBC tem uma matéria bem ilustrativa e que deixa claro em que caso novas eleições podem ser convocadas vejam abaixo as possibilidades:Possibilidade 1: Dilma e Temer são cassados, a segunda  é se houver renúncia coletiva - o presidente e seu vice renunciam. A terceira possibilidade, é quando o vice se torna presidente e este também sofre impeachment. a Quarta possibilidade é quando o vice assume o cargo de presidente e renuncia e a quinta é quando um referendo é aprovado. Para ler todas as possibilidades em detalhe, clique aqui!






Em resumo, seja quem for o presidente, e suas ideologias políticas, a Constituição Federal deve ser respeitada e novas eleições só podem ser convocadas dentro do que diz a lei;
Como estão querendo fazer no momento é inconstitucional, porque caso a presidente Dilma sofra impedimento, o seu vice-presidente, Michel Temer é quem assume e quando ele viajar, o presidente da Câmara assume que na ausência do presidente  da Cãmara falte, assume o Presidente do Senado. Veja o que diz o site Consultor Jurídico, diz a respeito do assunto.
Então, prezado eleitor, desconfie dessa boa vontade da base aleiada do atual governo de novas eleições, é que eles querem encontrar uma chance de retornar ao cargo de presidente da República.











O vice-presidente  Michel Temer tem razão, convocar novas eleições sem respeitar o que diz a lei, é golpe. Não se deixem enganar. Vale lembrar que o processo de impeachment a qual a presidente Dilma está passando, está seguindo todos os ritos, além de estar previsto na Constituição Federal Para ler a matéria a respeito, clique aqui!


Blog Opinião do Franco Barni, há dois anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!







Twitter: @FrancoBarni




*Franco Barni (MTB 29.942)

*Franco é jornalista há 20 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,  escreveu no Jornal de Lins, foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui








© 2016 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva.

Nenhum comentário :