Senador diz que país vive tragédia sem precedentes e sugere que todos os políticos renunciem


"Numa época de mentiras universais, dizer a verdade é um ato revolucionário." George Orwell (escritor e jornalista)







Caros amigos e inimigos leitores,





Não há como discordar do senador Álvaro Dias (PV-PR) ué a situação em Brasília chegou a um ponto insustentável. O senador reflete e diz: "Estamos diante de uma tragédia política histórica sem precedentes. Deveriamos, neste momento quando em uma linguagem figurativa podemos afirmar que o "teto" da casa é derrubado sobre nossa cabeça, colocando-nos sobre os escombros desse monumental escândalo de corrupção que sacode o país. Neste momento em função das últimas noticias e providências adotadas pela Procuradoria Geral da República, nós deveriamos estar aqui discutindo para superar este monumental impasse. Nós deveriamos estar discutindo alternativas e, entre elas talvez, aquela que mais agradasse a população brasileira, a renúncia coletiva de todos os eleitos para a convocação de eleições gerais no país. Mas até esta sugestão acaba sem credibilidade porque certamente os brasileiros sabem muito bem que muitos não renunciariam." ponderou o senador.



Apesar de ele defender a renúncia coletiva, eu pergunto: Quantos deles seriam capazes de realizar este ato que seria de grandeza? Fica a pergunta no ar.
Outra pergunta que deixo no ar é a seguinte: Mesmo sendo uma medida extrema, não seria esta a melhor solução para que se resolva a atual crise política do país? Não me iludo, sei que muitos políticos não abrirão mão de seus cargos e mandatos. 
O opinião do senador refere-se de maneira direta à análise dos pedidos de prisão de Renan Calheiros, Eduardo Cunha, Romero Jucá e José Sarney.
Assista o vídeo que está logo abaixo com o discurso do Senador Álvaro Dias:






Blog Opinião do Franco Barni, há dois anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!







Twitter: @FrancoBarni




*Franco Barni (MTB 29.942)

*Franco é jornalista há 20 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,  escreveu no Jornal de Lins, foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui








© 2016 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva

Um comentário :

Paulo Monteiro disse...

Nada adiantará, sem o primeiro e mais urgente passo: a prisão de Lula.
Lula é o chefão, origem de toda essa destruição do real, da petrobrás e do Brasil.
Absurda demora na prisão dele, da Dilma, Mercadante, todos os que obstruiram a justiça. Pelo mesmo motivo. E ainda estão de fora.
Só teremos pés firmes no caminho da reconstrução, quando Lula estiver na cadeia.
Todas as autoridades de respeito devem unir-se para essa notícia que só lavará a alma dos homens de bem deste país.
É preciso que a segurança, em todos os níveis, esteja já preparada para essa esperada e sonhada nova situação do Brasil.
Tudo o q foi feito até agora, passeatas históricas, como a do domingo 13Jun2016, tudo terá valido à pena, mas nada valerá, sem a prisão do Chefe.
E jamais sairemos das REDES E DAS RUAS, até que essa prisão de Lula aconteça.
Que todos nos unamos mais ainda, reforçando a coragem do PGR Ricardo Janot, Sérgio Moro e de todos os envolvidos nesse marco histórico de nosso Brasil.
E se Temer ajudar, terá também nosso apoio.
Mas, jamais tentem enfraquecer a Lava-Jato, PF, Dr Sérgio Moro e a prisão do Lula.