E o impeachment segue seu curso

"O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos sem caráter, dos sem ética...o que me preocupa é o silêncio dos bons." Martin Luther King










Caros amigos e inimigos leitores,


Ontem, quinta-feira(4), a Comissão Especial do Impeachment do Senado (CEI) aprovou por 14 votos favoráveis e 5 votos contrários, o relatório  do Senador Antônio Anastasia (PSDB-MG) que é favorável ao prosseguimento do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff pelo crime de responsabilidade.
Assim, o processo de impeachment da presidente afastada segue seu curso se aproximanto de sua fase final e que pode ser encerrado no fim do Mês de agosto.
Agora, qual é o caminho? No próximo dia 9 de agosto, o mesmo relatório será votado pelos 81 senadores no plenário da casa e quem presidirá a sessão  é o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski. A grande pergunta é: Será que o resultado será o esperado impeachment da presidente? 
Para que o relatório seja aprovado,  são necessários os votos da maioria simples dos parlamentares, em poucas palavras são necessários os votos favoráveis de metade mais um dos presentes à sessão.
Caso os senadores decidam pela continuidade do processo,  Dilma será julgada no fim do mês e a data ainda deve ser definida. Vale lembrar que no julgamento final, quando os senadores decidirão se Dilma será afastada  em definitivo do cargo e ficará inelegível por oito anos,são necessários 54 votos favoráveis em votação no plenário. Para ler mais informações sobre o tema, clique aqui!
O que vai acontecer? Tudo se mostra favorável a perda do mandato e dos direitos políticos da presidente afastada mas, não podemos cantar vitória antes da hora.






A votação em favor do relatório ontem, significou mais uma derrota imposta a Dilma e ao PT que estão com a imagem arranhada junto a boa parte dos brasileiros.
Agora, tem mais um detalhe nisso tudo que está sendo esquecido. Nâo adianta apenas um ser cassado, é preciso que as investigações continuem para ver se há mais culpados ou não.
Enfim quem fez o errado deve ser punido, e este é o momento ideal para que  possamos colocar o Brasil no caminho certo. Lembro-me de uma fala do ex-presidente Fernando Collor que numa entrevista disse o seguinte: Uma vez iniciado o processo de impeachment, é irreversível. Veja abaixo, o trecho da entrevista de Fernando Collor quando falou sobre o processo de impeachment:





Blog Opinião do Franco Barni, há dois anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!










Twitter: @FrancoBarni




*Franco Barni (MTB 29.942)

*Franco é jornalista há 20 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,  escreveu no Jornal de Lins, foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui


© 2016 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva



Nenhum comentário :