O bate-boca no Senado e os problemas do país ficam em segundo plano

"O jornalismo moderno tem uma coisa a seu favor. Ao nos oferecer a opinião dos deseducados, ele mantém-nos em dia com a ignorância da comunidade." Oscar Wilde












Caros amigos e inimigos leitores,




Ontem - quinta-feira(25) - tivemos um fato que está sendo o grande assunto do momento. Ontem ojulgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff teve seu primeiro dia.
O que acompanhou a Sessão foi o nível pouco educado entre os parlamentares que teoricamente estão lá para nos Representar. 
Narizinho atacou dizendo: "Qual é a moral desse senado para julgar a presidente da República?", afirmou a senadora Gleisi Hoffmann.
Ai começou a discussão que vimos nos telejornais da quinta-feira(25) e a repercussão seguiu na  imprensa escrita hoje, sexta-feira(26).






Houve troca de ofensas do tipo: "Senhor de Escravos", "assaltante de aposentados", "drogado".  A baixaria se instaurou dando um tom de circo dos horrores ao Plenário.
A grande verdade é que a decisão sobre o impeachment da presidente já está decidido. Salvo qualquer zebra de última hora, na próxima semana Dilma não será mais a presidente da República e será sucedida pelo seu vice, Michel Temer.
O que pode ser comentado sobre o bate-boca é que os parlamentares parecem não estar preocupados com a situação do país e sim com seu próprio umbigo. 
Enquanto isso, a crise política e econômica continua no Brasil real, junto com os problemas na Saúde, Segurança, Infraestrutura estão aí. 






Quando veremos um Congresso levando os problemas do Brasil mais a sério? Talvez quando todos estes parlamentares forem substituídos nas eleições e esta tarefa cabe ao brasileiro eleitor.
É....de fato...a discussão de ontem mostra o espetáculo circense, espetáculo digno de circo dos horrores! Que pena que seja assim! Todos os Senadores presentes poderiam de fato, rebater o dicurso e o questionamento da senadora Gleisi Hoffmann na sua vez de falar, sem apelar para o espetáculo digno do circo dos horrores! Até quando o brasileiro deve tolerar estes espetáculos vergonhosos do Senado? Enquanto isso, os problemas do Brasil não esperam e continuam se agravando. Será que eles não perceberam a gravidade da situação? Se este bate-boca acontecesse em um país de primeiro mundo, seria considerado quebra do decoro parlamentar.





O fato é que a sessão de hoje,sexta-feira, deve avançar a madrugada adentro para que não tenha sessão no sábado, está previsto ouvir as seis testemunhas restantes - foram ouvidas duas na quinta-feira (25). A presidente afastada, Dilma Rousseff deve ser ouvida na Segunda feira(29. Dilma poderá ser questionada por todo o parlamentar que quiser questioná-la, lembrando que são 81 senadores e a presidente afastada terá meia hora para discursar.
Temos que lembrar que poderá ter muito confronto na sessão onde a presidente afastada estará presente.
A linha que a presidente seguirá é a da vitimização, a todo o momento diz que ela é injustiçada e que ela está sofrendo um golpe (não vejo onde, já que o impeachment é previsto na Constituição e rito deste processo vem sendo seguido). 
O mais importante, é resolver logo esta questão, uma vez que o país está paralisado, estagnado e as crises Econômica e Política precisam ser resolvidas o quanto antes. Vamos em frente! Assista abaixo o vídeo com a discussão no Senado!



Blog Opinião do Franco Barni, há dois anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!










Twitter: @FrancoBarni




*Franco Barni (MTB 29.942)

*Franco é jornalista há 20 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,  escreveu no Jornal de Lins, foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui


© 2016 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva




Nenhum comentário :