Câmara desiste de tentar anistiar alvos da Lava Jato

"O jornalismo moderno tem uma coisa a seu favor. Ao nos oferecer a opinião dos deseducados, ele mantém-nos em dia com a ignorância da comunidade." Oscar Wilde









Caros amigos e inimigos leitores,



Quando pensamos que já vimos de tudo e que os políticos diante de tantos escândalos vão mudar sua maneira de agir, eis que surge uma notícia que mostra exatamente o contrário.
A surpresa foi ver esta manhã,20/09, no Jornal Folha de São Paulo a notícia com o seguinte título: "Após confusão, Câmara desiste de  tentar anistiar alvos da Lava Jato". A notícia trazida pelo jornalista  Ranier Bragon informa que o plenário da Câmara dos Deputados tentou votar de surpresa na noite desta segunda(19), um projeto criado nos bastidores da Casa que  tem como objetivo abrir uma brecha para anistiar políticos que hoje são alvos da Lava Jato.






O texto tem como objetivo estabelecer na legislação uma punição específica para o crime de caixa dois eleitoral. O caixa dois é o uso de dinheiro nas campanhas sem ter declarado a Justiça.
O que podemos entender ao ler a matéria, é o seguinte: Quem articulou a lei queria escapar da Lava Jato dizendo que a lei não retroage para não prejudicar o réu.
Em poucas palavras ao aprovar a lei os casos seriam enquadrados na legislação atual sobre o caixa dois e não como corrupção ou outro tipo de crime com punição mais severa. Mas a punição seria aplicada daqui para diante.É muita cara de pau destes políticos. 
O interessante seria saber quem são para que os brasileiros saibam quem são para não votar mais neles.
Afinal, os políticos que foram eleitos, estão lá para defender nossos interesses e aprovar leis que vão beneficiar o Brasil, o povo brasileiro. Eles não foram eleitos para defender os próprios interesses.









Neste ponto eu digo, aqui cabe lembrar o que eu sempre disse de que o cidadão deve acompanhar e fiscalizar o que fazem os deputados, senadores, vereadores, prefeitos, governadores e o presidente da República porque quando eles sabem que o cidadão está de olho neles, e que está acompanhando o que eles fazem, vai dificultar para eles.
No começo de outubro deste ano, teremos eleições municipais e temos a chance de mudar o quadro político no Brasil e cabe ao eleitor fazer isso por meio do voto.
De que maneira? Pesquisando a biografia de cada candidato, ver o que ele fez, se é ficha limpa ou suja, se ele tem experiência, se é uma pessoa do bem, se o seu plano de governo é factível, realizável.
Cabe a nós, os eleitores ficarmos de olho neles para que projetos sem pé e sem cabeça sejam votados. Para mudar a realidade do Brasil, não depende dos políticos, depende do povo brasileiro que deve mudar sua maneira de enxergar a política, ser mais participativo, ser mais seletivo na hora de votar, cobrando inclusive o fim das urnas eletrônicas. 




Blog Opinião do Franco Barni, há três anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!













Twitter: @FrancoBarni




*Franco Barni (MTB 29.942)

*Franco é jornalista há 20 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,  escreveu no Jornal de Lins, foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui


© 2016 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva


Nenhum comentário :