Ministros usam 781 vezes aviões da FAB em 5 meses de gestão Temer

"A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre." Oscar Wilde





Caros amigos e inimigos leitores,


Ao ver as noticias hoje, o site da UOL publicou uma notícia que vai gerar a indignação e, possivelmente, a antipatia do cidadão brasileiro. Ainda mais quandoo momento requer que todos sem exceção façam sua parte em economizar, ainda mais o governo.
A notícia em questão, publicada no site UOl com o título "Ministros de Temer igonram normas em 238 viagens pela FAB" (clique no título da reportagem para ler)comenta que em cinco meses da gestão Temer os ministros usaram 781 vezes aviões da FAB (Força Aérea Brasileira).





A reportagem diz ainda que fez um levantamento e em 238 casos os titulares da Esplanada tiveram como destino ou origem a cidade onde residem. De acordo com a reportagem, sem ter uma justificativa adequada nas agendas oficiais divulgadas pela internet.
Reporduzo abaixo trecho da reportagem para que o leitor tire suas conclusões:
*"...A conduta dos ministros configura, a princípio, desrespeito a duas normas legais. Primeiro, em abril de 2016, às vésperas de ser afastada do cargo e em meio ao esforço do governo de ajustar as contas, a então presidente Dilma Rousseff assinou o Decreto 8.432, que restringiu o uso de aeronaves pelos ministros e os proibiu de viajar de FAB para seus domicílios. Em segundo, uma lei de 2013 determina que ministros deverão divulgar "diariamente" na página eletrônica do ministério sua agenda de compromissos oficiais..."
Em meu ponto de vista - modesto por sinal - se estamos num momento de crise, em que se pensa cortar gastos, porque aparentemente os ministros não estão fazendo sua parte em servir de exemplo na hora de economizar?
É fácil fazer a conhecida "farra do boi" e depois apresentar a conta ao cidadão por meio de novos impostos. Aliás, nós o povo brasileiro já somos massacrados por impostos já que trabalhamos cinco meses do ano para pagar tributos.






Sem falso moralismo, você cidadão considera certa a atitude destes ministros? Porque eu não considero não, é um péssimo exemplo. A impressão que fica é que a cota de sacrifício é imposta ao cidadão enquanto eles ficam nas benesses e regalias.
Da minha parte, é hora de cortar todas as regalias dos políticos, inclusive de ministros. Por falar nisso, onde está o corte de ministérios prometida por Temer?
A reportagem ainda diz que apenas três ministros não deram margem para questionamentos da conduta em realção ao uso dos voos da FAB: Torquato Jardim que é titular da Transparência (Antiga CGU), o ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira e o chefe do Gabinete de Segurança Institucional Sergio Etchegoyen. A matéria informa que os dados analisados compreendem o período de 12 de maio a 31 de outubro deste ano.





A pergunta que fica é porque não usam os voos de carreira. Será que eles são tão especiais assim para não usarem os voos comerciais? Outra coisa, o exemplo vem de cima, como se diz popularmente se é hora de "apertar os cintos", o alto escalão do governo deveria dar o exemplo!Em meu ponto de vista, a imagem dos ministros irá ficar bastante arranhada perante a opinião pública.
É hora dos políticos entenderem que o cidadão não aguenta mais pagar a conta de toda essa gastança!





* Trecho reproduzido da matéria "Ministros de Temer ignoram normas em 238 viagens pela FAB"




blog Opinião do Franco Barni, há três anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!







Twitter: @FrancoBarni




*Franco Barni (MTB 29.942)

*Franco é jornalista há 20 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,  escreveu no Jornal de Lins, foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui


© 2016 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva





Nenhum comentário :