Homologadas as delações premiadas da Odebrecht



"Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade." George Orwell








Caros amigos e inimigos leitores,




A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal)  a ministra Cármem Lúcia, homologou hoje - segunda-feira (30)- as 77 delações da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato.
A ministra Cármem Lúcia em sua decisão de homologar as delações, optou por manter o sigilo dos depoimentos prestados pelos executivos da empreiteira.
Vale lembrar que na última sexta-feira(27) os juízes auxiliares da equipe do ministro Teori Zavascki - morto no último dia 19 - encerraram as audiências com os delatores e a homologação é a última etapa para que o acordo tenha validade jurídica.
O procedimento agora é enviar a documentação para a PGR (Procuradoria Geral da República), o que deve acontecer ainda hoje e, o conteúdo dos depoimentos poderá ser usado em novos processos e nos já existentes. De acordo com a lei que trata da delação premiada, as informações devem ficar sob sigilo até o oferecimento da denúncia.






O que se comenta no noticiário é que a delação da Odebrecht é considerada a mais explosiva da Lava Jato. Segundo a notícia sobre o assunto publicada no site UOL, envolve vários políticos que estão inclusive ocupando cargos, tem políticos do PMDB, PSDB e PT. Para ler a notícia na íntegra, clique aqui!
Independente de quem esteja envolvido, o brasileiro está na expectativa para conhecer o conteúdo da já famosa delação premiada da Odebrecht, principalmente porque como disse em parágrafo anterior, o que foi noticiado até aqui, a delação envolve políticos importantes e o brasileiro quer tomar conhecimento da delação para saber qual é seu conteúdo de fato.



Mas, o que é importante lembrar é que a delação para ser homologada, deve atender alguns requisitos para que o acordo não perca a validade: o delator deve apresentar as provas do que está no conteúdo de sua delação e antes da delação ser homologada, o juíz deve verificar a regularidade,legalidade e voluntariedade do acordo. Se o leitor quiser conhecer melhor como funciona a delação premiada, clique aqui!






Em resumo, o que todos queremos saber é o tamanho do impacto da delação da Odebrecht, quem sairá comprometido, quem será investigado? Se se confirmarem com provas as denúncias contra os políticos, qual será o resultado? Os acusados serão investigados até o fim?
São perguntas que cada um de nós quer saber as respostas, nós brasileiros merecemos explicações no que se refere a estas denúncias e, o que cada brasileiro quer é ver os culpados sendo penalizados de acordo com a lei. Vamos torcer para que a justiça seja feita. Assista ao vídeo abaixo com o comentário de Vera Magalhães sobre a Homologação das delações premiadas da Odebrecht:






Blog Opinião do Franco Barni, há três anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!







Twitter: @FrancoBarni




*Franco Barni (MTB 29.942)

*Franco é jornalista há 20 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,  escreveu no Jornal de Lins, foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui


© 2017 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva

Nenhum comentário :