São Paulo: Seis detidos por pichação

"O que me assusta não são as ações e os gritos das pessoas más mas a indiferença e o silêncio das pessoas boas". Martin Luther King





Crédito foto: Internet





Caros amigos e inimigos leitores,



Aquela pessoa que pagou caro para pintar sua casa ou estabelecimento comercial e, em seguida, foi vítima dos pichadores, que atire a primeira pedra.
No último fim de semana na cidade de São Paulo - capital do estado - seis pichadores foram detidos pela Polícia Militar e pela Guarda Civil Metropolitana, segundo o que comunicou a prefeitura da capital paulista neste domingo(12). De acordo com as informações da gestão João Dória, desde o começo do ano, 70 pessoas foram detidas.
De acordo com a notícia, a prefeitura da cidade de São Paulo registrou cinco ocorrências desde a sexta feira nos seguintes bairros: Casa Verde, Barra Funda, Belenzinho e Centro.
Estas ocorrências envolveram três homens e três mulheres. Como consequência, todos foram encaminhados a delegacias e liberados após assinarem termos circunstaciados. O prefeito João Dória elegeu a pichação como inimiga da capital paulista.
A pichação é algo que independentemente de quem quer que seja o prefeito, já deveria ter há muito tempo, iniciado o combate contra. Pichação, desculpem não é arte, não passa de sujeira!
Se me falar do Muralismo, do grafite, posso até não gostar, mas estes dois são arte.
Será que as pessoas que ficam contra a pichação sabem o quanto custa pintar uma casa ou ainda um estabelecimento comercial? Fica a pergunta no ar! Pichação deve ser denunciada sim.
Segundo informações, o prefeito de São Paulo João Dória quer seguir o exemplo da cidade americanda de Miami onde existe um "grafitódromo" e, além disso, Dória quer transformar os pichadores em grafiteiros. É uma boa ideia que pode ser aproveitada em vários bairros da cidade de Sâo Paulo onde podem ser criados determinados lugares para  que grafites sejam feitos.
Vale a pena citar aqui que existe um projeto de lei na Câmara Municipal de Sâo Paulo que endurece a punição para quem pichar os muros da cidade. Para ler mais a respeito do assunto, clique aqui!
Está previsto que o texto pode até sofrer mudanças mas basicamente ele prevê multas de de R$ 5 mil para quem for pego - a multa pode dobrar para R$ 10 mil em caso de reincidência - e o texto prevê também que os responsáveis pelo ato da pichação deve pagar pelos reparos. Nada mais justo, quando pesa no bolso, irão pensar duas vezes antes de pichar um muro de uma residência e/ou estabelecimento comercial. O prefeito João Dória está certo no combate à pichação e que esta iniciativa vá para frente! Tomara que outras cidades brasileiras se inspirem e também iniciem o combate a pichação. Assista ao vídeo abaixo com o comentário de Marco Antônio Villa sobre o assunto:










Blog Opinião do Franco Barni, há três anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!












Twitter: @FrancoBarni




*Franco Barni

*Franco é jornalista há 21 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,  escreveu no Jornal de Lins, foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui


© 2017 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva


Nenhum comentário :