A Ilha da Fantasia se inspira na França para realizar a Reforma Política


"Ninguém baterá tão forte quanto a vida. Porém, não se trata de quão forte pode bater, se trata de quão forte pode ser atingido e continuar seguindo em frente. É assim que a vitória é conquistada." Rocky Balboa












Caros amigos e inimigos leitores,



Na última segunda feira(3), o presidente da Franca Emmanuel Macron anunciou que quer reduzir em um terço o número de senadores e deputados.Durante Seu pronunciamento no qual detalhou os grandes eixos de seu mandato, Macron pediu o fim da profileração legislativa". 
A França tem atualmente, 577 deputados na Assembleia Nacional e 348 senadores. "Um Parlamento menor, mas com meios mais reforçados, é um Parlamento onde o trabalho é mais fluido e que funciona melor", defendeu Macron. Segundo o presidente francês a redução daria uma proporcionalidade maior. Para ler a íntegra da notícia, clique aqui!
Alguns leitores devem estar perguntando as razões de ter trazido esta notícia no blog?
É porque justamente um país desenvolvido, que é rico está falando em corte no número de deputados  e senadores o que de acordo com Macron, daria mais agilidade ao trabalho, sem falar que seria uma redução nos gastos.
Já na Ilha da Fantasia, os seus habitantes vem cobrando a tempos uma Reforma Política séria que seja feita de acordo com os interesses da população.




O que não dá para entender é porque uma Reforma Política séria nunca acontece na Ilha da Fantasia, pois os políticos somente mudam uma coisa aqui e ali mas, na essência nada muda.
Na verdade, a Reforma Política na Ilha da Fantasia é muito mais complexa do que aparenta. Por que digo isso?Porque além de reduzir o número de deputados e senadores, é necessário cortar seus benefícios que são muitos. 
Olha o absurdo, assim como acontece aqui no Brasil, eles têm auxílio paletó, moradia, carro a disposição, verbas imensas de gabinetes,passagens aéreas. Enfim, é uma verdadeira farra do boi.
Lá na Ilha da Fantasia, se faz necessário reduzir o número de ministérios, acabar com as benesses dos ex-presidentes que tem funcionários, carros a disposição, entre outros. 
O primeiro passo para a Reforma Política na Ilha da Fantasia,aconteceu no final de 2016 quando a pressão popular ajudou a por fim no Foro Privilegiado dos políticos.
O povo agora apresentou um projeto de lei para reduzir o número de Deputados e Senadores e que põe fim nos privilégios  e benesses dos políticos.
 Além do Projeto de Lei de iniciativa popular,o cidadão está pressionando para que o projeto seja aprovado como está. Pergunto se não chegou a hora do brasileiro fazer o mesmo aqui no Brasil?








Blog Opinião do Franco Barni, há três anos conquistando leitores no Brasil e no mundo!










Twitter: @FrancoBarni


Instagram:francobarni68

*Franco Barni

*Franco é jornalista há 22 anos, foi colaborador Jornal Correio Mariliense,escreve no Jornal de Lins (clique no nome do jornal para acessar), foi colunista do Correio de Lins, Jornal da Moóca e Revista Tatuapé. Trabalhou na AgipLiquigás do Brasil como Assessor de Comunicação Social. Para conhecer meu currículo em detalhes, clique aqui


© 2017 Blog do Franco Barni | Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Divulga Lins | Designer Alêxs Silva






















Nenhum comentário :